quarta-feira, 8 de junho de 2011

Adaptação no berçario/escola




Maricota começou na escola segunda, mas estava um tanto angustiada e apreensiva com esse "mundo novo" e nem passei pelo blog ou afins.



Como já escrevi por aqui optei por escola/berçario por motivos pessoais, cheguei a entrevistar algumas babás, gostei bastante de uma em especial, mas não gosto dessa ideia, pelo menos não por enquanto, acho que quando ela tiver seus 2 aninhos vou querer ter uma pessoa, para que ela possa ficar meio período em casa e não o tempo integral na escola, mas antes disso a melhor escolha para nos é a escola.



Eis que a decisão mais difícil foi tomada, escola/berçario escolhida, lá vamos nos com nossa malinha e toda coragem do mundo para o primeiro dia de adaptação. Maricota nem deu bola pra mim, deu uma ameaça de choro quando saiu do meu colo, mas ao se deparar com um brinquedo novo e enorme ela deu um sorriso para a tia e parou (interesseira). Nesse primeiro dia teve aula de música, o Tio Nicolau tocou sanfona, se ela se assustou com o barulho? Que nada, prestou uma atenção, e ficou encantada com todo aquele som... Fiquei lá por 2 horinhas e sai com Maricota devidamente colada em mim.



Segundo dia, entrei, fiquei um pouco, fingi que ainda tinha dúvidas, e fui passear, dessa vez sai sem Maricota (aí que dorzinha...), fiquei pertinho da escola, caso precisasse chegava em 1 minuto, e em 1h30 fui buscar a filhota, que apareceu toda sorridente.




Hoje, terceiro dia, cheguei e sem dúvidas para inventar só deixei a pequena e sai, assim um ritual simples, mas que da um aperto no peito, falei um milhão de vezes que poderiam me ligar qualquer coisa, mas por qualquer coisa meeeesmo. Ficou lá por 4 horas, a agenda já voltou devidamente preenchida com que horas mamou, quanto mamou, dormiu... E de novo filhota se saiu bem, segundo relatos, ela deu uma leve chorada na hora de trocar a fralda, mas logo acalmou...



Chegando em casa enchi a pequena de beijos, cheiros, apertos... e fiquei mais segura com a escolha que tomei, ela esta ótima, super sorridente, mais tagarela que nunca... Espero que continue assim, e que ela aproveite muito essa nova fase!!!



Coração fica apertado, da uma vontadizinha de chorar o dia todo, mas estou me comportando bem... e (na minha adaptação) só liguei 3 vezes para saber como ela tava hoje, amanhã a carga horária aumenta (e as ligações provavelmente)!






Bjos meu e da Maricota serelepe na escola...

3 comentários:

Chama a mamãe disse...

Olá Karina,
É isso aí. Eu também optei pela escola, no começo eu chorava todo dia e a Eloise também, a adaptação dela foi super dificil, durou 4 meses para ela ficar bem, mas a partir do momento que eu me senti segura e sabia que era o melhor que estava fazendo por ela, e a entreguei para a "tia" sem dor no coração, ela não chorou e ficou super bem. Moral da história, se nós estivermos seguras da nossa decisão, passaremos essa segurança para elas.
Super bjos e boa sorte.

Than disse...

Ai ka...eu imagino a angustia q dá, mas na GRANDE maioria quem sofre mais com essa adaptação somos nós mães e não eles...rs...
e q ótimo q dudinha se comportou, nao poderia ser diferente né! a criançada adora uma novidade, um brinquedo novo, outras varias crianças juntas. MUITO melhor q babá, eu acho! assim ela vai interagir com outras crianças, isso é super importante pra ela!
vai nos contando o dia a dia dela na escola Ka...daqui a pouco sou eu passando por isso ne...rs

beijooos

Anônimo disse...

olaaaa que linda sua princesa.
estou te seguindo,me segue tbmm vou adorar.
um bjo p vc e sua gatinha
thiara costa
http://thiaracosta.blogspot.com/